top of page

Dia Mundial de Combate ao Câncer de Mama é celebrado em 19 de outubro

por Comunicação IJOMA


A campanha Outubro Rosa tem o propósito de compartilhar informações e promover a conscientização sobre o câncer de mama. Celebrada no Brasil e no exterior, a iniciativa contribui para reduzir a incidência e a mortalidade pela doença, apontada como o segundo tipo de câncer mais incidente em mulheres de todas as regiões do Brasil (depois dos tumores de pele não melanoma) e a principal causa de óbito entre as doenças oncológicas na população feminina. Durante o mês, é comemorado o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Mama, em 19 de outubro.


Arte Gráfica: Comunicação IJOMA


De acordo com a Dra. Marianna Cioni, médica radiologista da Quanta Diagnóstico por Imagem, o Outubro Rosa tem desempenhado um papel significativo no apoio às mulheres diagnosticadas com a doença e no incentivo ao autoexame e à realização de mamografias regulares. “Ao aumentar a conscientização, a campanha tem o potencial de reduzir o impacto do câncer de mama por meio da detecção precoce e da promoção de hábitos de vida saudáveis”, afirma.

A doença se desenvolve quando algumas células da mama começam a crescer de forma descontrolada até formarem um tumor maligno. Esse processo pode ser desencadeado por diversos fatores relacionados aos hábitos de vida e mutações genéticas.

As mulheres podem perceber o câncer de mama por meio de autoexames regulares, consultas ao médico ginecologista e realização de exames de imagem de rotina. “Durante o autoexame, a mulher deve avaliar se observa algo diferente em suas mamas, como palpação de nódulo, saída de secreção anormal pelos mamilos ou qualquer outra mudança suspeita”, orienta Dra. Marianna. Quando detectado nas fases iniciais, as chances de tratamento e cura são maiores.

Como prevenir

Vários fatores podem aumentar o risco da doença, incluindo histórico familiar, idade avançada, exposição ao estrogênio, obesidade, consumo excessivo de álcool e falta de atividade física. Os cuidados de prevenção incluem hábitos de vida saudáveis, como manter um peso adequado, fazer exercícios regularmente, limitar a ingestão de bebidas alcoólicas, evitar o tabagismo e adotar uma dieta equilibrada.

Além do autoexame, a prevenção e a detecção precoce podem ser feitas por meio de exames de imagem, como a mamografia. “O exame utiliza raios-X para detectar alterações nas mamas, como tumores pequenos que ainda não podem ser sentidos pelo toque. Desempenha um papel crucial na detecção precoce do câncer de mama e é recomendada regularmente para mulheres com risco habitual a partir dos 40 anos, uma vez ao ano. Em pacientes com maior risco de câncer, a idade pode variar de acordo com as recomendações médicas”, informa a médica.


Fonte: www.bemparana.com.br/bem-estar/dia-mundial-de-combate-ao-cancer-de-mama-e-celebrado-em-19-de-outubro/

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page